Como começa o câncer de boca? Saiba mais!

O câncer é uma das doenças que mais mata nos dias de hoje. Por essa razão, é de grande importância que as pessoas saibam identificar os sintomas. Dessa forma, torna possível iniciar o tratamento precoce e aumenta as chances de cura. Então, no artigo de hoje, iremos falar sobre como começa o câncer de boca.

Você já se perguntou como começa o câncer de boca? De todos os cânceres que existem, o de boca é, muito provavelmente, o que as pessoas menos têm informação. E é por essa razão que grande parte dela descobre essa doença quando ela já está em estado avançado.

No entanto, para aumentar as chances de cura da doença, é de grande importância que você saiba como começa o câncer de boca. Há alguns sintomas iniciais que podem indicar que há algo de errado e que é um problema um pouco mais grave do que talvez você esteja pensando,

Muitas pessoas têm o péssimo hábito de apenas procurar um médico quando sentem alguma dor intensa. No entanto, alguns sintomas podem ser bem sutis e, de início, não causarem tanto desconforto. Por isso, saber como começa o câncer de boca é essencial para promover o tratamento precoce.

Quanto antes procurar um médico, maior é a probabilidade de conseguir um diagnóstico da doença logo no início. E, ao fazer isso, as suas chances de cura se elevam para um patamar muito satisfatório. Então, se você quer saber como começa o câncer de boca, é só conferir os próximos parágrafos.

Veja também Como é o caroço do câncer: fique atento aos sintomas

O que é o câncer de boca?

Antes de falarmos sobre como começa o câncer de boca, é importante que você saiba do que ele se trata. Em suma, ele nada mais é que um tipo de tumor maligno, que pode surgir tanto na boca como em suas estruturas.

A boca é formada por algumas estruturas, como os lábios, língua, bochecha, gengiva, palato duro e palato mole. Então, quando se fala que uma pessoa tem câncer na boca, significa dizer que ela tem o tumor em uma dessas estruturas.

E apesar de ser uma doença mais recorrente em pessoas acima dos 50 anos, ela pode surgir em qualquer outra idade. No entanto, mesmo que não se fale tanto a respeito dessa doença, saiba que ela é mais comum do que talvez você esteja imaginando.

Afinal de contas, o câncer de boca é o quinto mais comum entre os homens no Brasil. Anualmente, mais de 11 mil pessoas são diagnosticadas com esse tipo de câncer. E o grande problema é que a grande parte já está em estágio avançado.

O principal motivo para que isso aconteça é devido aos sintomas serem um tanto quanto sutis. Então, por mais que às vezes a pessoa sinta algum tipo de desconforto, ela tende achar que é algo passageiro, e que não necessita ir ao médico.

Então, por essa razão, é importante ter o conhecimento de como começa o câncer de boca. Pois, dessa forma, sempre que apresentar um sintoma semelhante, o paciente tende a procurar um médico o quanto antes e fazer o tratamento adequado.

Onde posso ter câncer na boca?

Como falamos, a boca é uma estrutura que detém várias regiões. Então, quando se fala que uma pessoa está com câncer de boca, não quer dizer, necessariamente, que toda a boca dela está acometida pela doença, mas apenas algumas partes.

O tumor pode infectar qualquer região que fica dentro da cavidade oral. No entanto, essa mesma doença pode envolver a orofaringe, que é a junção da parte posterior da língua com a faringe. Mas, fora isso, o câncer de boca pode aparecer nas seguintes regiões:

  • Borda lateral da língua;
  • Embaixo da língua (assoalho bucal);
  • Céu da boca (palato duro e palato mole);
  • Parte interna da bochecha;
  • Lábio inferior (mas, a depender do tipo de tumor, pode ser considerado câncer de pele, não de boca).

No entanto, o câncer de boca não surge do dia para a noite. Ele dá alguns sinais, e por isso você deve saber como começa o câncer de boca. Mas o problema é que grande parte deles passam despercebidos, pois muita gente confunde com outras feridas.

Quais são os fatores de risco do câncer de boca?

Assim como todas as outras doenças, o tumor também tem os seus fatores de risco. Inclusive, muitos desses fatores indicam como começa o câncer de boca. Inclusive, como alguns dos fatores têm ligação com alguns hábitos, evitá-los também é uma forma de evitar o câncer.

Na grande maioria das vezes, as pessoas que têm algum tipo de câncer de boca tem o hábito do tabagismo, o que inclui cigarro, cachimbo, charuto e até mesmo mascar fumo. Afinal de contas, o tabaco em si possui propriedades cancerígenas.

Então, além de aumentar a temperatura na boca, faz com que a boca se torne mais suscetível à agressão da mucosa oral. Ademais, bebidas alcoólicas também tem relação com o câncer bucal. E, se uma pessoa tem esses dois hábitos, as chances de ter essa doença aumenta em até 35 vezes.

A exposição excessiva ao sol, sem os devidos cuidados, também é um fator que aumenta as chances de ter câncer nos lábios. Essa doença tende a afetar em especial pessoas de pele mais clara que trabalham expostas ao sol.

Como começa o câncer de boca?

O câncer na boca é uma doença que pode ocasionar muitos problemas, como o de fala. Inclusive, nos casos em que a doença ataca a língua, é necessário remover parte dela e, por isso, o paciente precisa passar por um processo de reconstrução. Então, saber como começa o câncer de boca evita muitos problemas.

Os sinais iniciais da doença não incluem nenhuma dor, o que faz com que as pessoas demorem a procurar tratamento. Fora isso, os sintomas tendem a aumentar à medida que a doença avança. Mas, para saber como começa o câncer de boca, os sintomas são os seguintes:

  • Feridas ou aftas que não cicatrizam em até 15 dias;
  • Irritação na garganta;
  • Sensação de que há algo preso na garganta;
  • Feridas superficiais que não doem e podem nem sangrar;
  • Manchas vermelhas ou brancas nas gengivas, lábios, garganta, língua ou revestimento bucal.

Todos esses sinais são indícios de que a pessoa está com câncer de boca. Mas, caso esse problema não seja tratado a tempo, eles podem evoluir. Então, em casos mais avançados, os sintomas são os seguintes:

  • Dificuldade ou dor ao falar;
  • Dificuldade ou dor ao mastigar e engolir;
  • Mau hálito persistente;
  • Perda de peso;
  • Caroços no pescoço;
  • Dor em torno dos dentes;
  • Os dentes podem cair facilmente etc.

Então, agora que você já sabe como começa o câncer de boca, fica de olho em todos os sinais e, a qualquer indício, procure um médico imediatamente.